Corrida Solidária Internacional 2018

Um pensamento, uma vontade, um sonho tornam-se tanto mais fortes, quantas as pessoas que os preconizam, que neles acreditam, que por eles agem! Uma multidão que corre ou caminha com o mesmo propósito em vários pontos do Globo em simultâneo, retira do terreno imaginário a luta por um ideal comum, e empurra-a para a primeira fila da realidade.

Em Outubro comemora-se o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza, e também em Outubro se corre e caminha com esta mesma meta. A Corrida Solidária Internacional Helpo teve início em 2011, em Cascais, na cidade de São Tomé, em Nampula e em Pemba. Três países reuniram 1800 pessoas que se uniram para correr e caminhar chamando a atenção da comunidade internacional para a urgência em Erradicar a Pobreza! Em 2012, juntaram-se a estas cidades, Braga e a Ilha de Moçambique e em 2013, Vila Real. Em 2015 juntou-se Oeiras e em 2016 juntou-se Maputo. Em 2017 a prova voltou a ter lugar em 6 cidades: Vila Real (Portugal), Maputo, Nampula, Pemba, Ilha de Moçambique (Moçambique) e cidade de São Tomé, em São Tomé e Príncipe.

Mais de 7000 pessoas já correram por esta causa! Seja um, participe na Erradicação da Pobreza, faça parte de um mundo humano.

A corrida/caminhada vai-se realizar no dia 14 de Outubro de 2018 e conta, uma vez mais, com o apoio da madrinha Dulce Félix, em Vila Real.

A corrida/caminhada vai-se realizar no dia 14 de Outubro de 2018
semanas
0
0
dias
0
0
horas
0
0
minutos
0
0
segundos
0
0
Inscrever




A data limite de inscrição: 13 de Outubro de 2018



Como fazer o seu donativo para inscrição: Faça o seu donativo para o IBAN: PT50 0010 0000 3483 3480 0032 8. De seguida faça a introdução de todos os seus dados (incluindo digitalização do donativo efetuado) no botão à sua direita (Inscrever).


A data e local de levantamento dos dorsais, para Vila Real, é o seguinte: 14 de Outubro, 09H00 e as 10H00 junto ao secretariado da prova (Praça D. Manuel Linda).
A corrida dispõe de serviço de balneários.

  • Este ano numa Organização conjunta da Associação Helpo, Junta de Freguesia de Lordelo e da Associação Viver Lordelo e com o apoio da Câmara Municipal de Vila Real, PSP, Associação de Atletismo de Vila Real, Bombeiros Voluntários da Cruz Branca, Grupo Desportivo da Cruz Branca, IPDJ, Rodonorte/Urbanos, Visual Bus, e empresas associadas, vai realizar-se no dia 14 de Outubro de 2018, pelas 10H30 a 8ªCORRIDA/CAMINHADA SOLIDÁRIA INTERNACIONAL HELPO. Contamos, uma vez mais com o lindíssimo património do Município de Vila Real como cenário e com a capacidade de mobilização de toda a região Norte. Vamos correr e caminhar pela erradicação da pobreza! Junte-se a nós, inscreva-se!

    Corrida: 8,5km (donativo: 10€) Caminhada: 5 km (donativo: 5€)
    Pack família (4 a 6 membros ) – corrida (donativo 35€) | caminhada (donativo 15€)
    Pack estudante (4 membros) corrida (donativo 20€) | caminhada (donativo 10€)
    Inscrição de 1 estudante (mediante apresentação de cartão de estudante) – corrida (donativo 6€) | caminhada (donativo 3€)
    Percurso:  mapa corrida e caminhada
    Edições Anteriores
  • Na Cidade de Nampula, o dia da corrida é motivo de festa! Mais de duas centenas de jovens correm maioritariamente descalços ou com calçado não apropriado, o que não os impede de percorrer cerca de 5km nestas condições. Neste dia, e graças ao apoio de todos os parceiros, os participantes na corrida recebem uma t-shirt, lanche e os primeiros 10 masculinos e femininos recebem, ainda, um prémio. Como não podia deixar de acontecer numa festa, a música e a dança animam o dia!
    Edições Anteriores
  • Entre o Centro das Irmãs Pastorelas ou as ruas da cidade de Pemba, entre as crianças mais pequenas, ou os jovens mais crescidos, também aqui, quem corre são os beneficiários dos nossos programas de apoio. Também nesta cidade o pé descalço não é desculpa para não porem as pernas a mexer e correr. Correr pela erradicação de uma problemática que os atinge na 1ª pessoa, alheios ao motivo pelo qual estão a correr. Porque no fundo, o que os motiva é a desculpa para mais um dia de festa, para receber uma t-shirt e um merecido lanche!
    Edições Anteriores
  • A corrida a ter lugar na Ilha de Moçambique deve ser a corrida solidária com a média de idades mais baixa do mundo. Com as crianças do Centro Infantil da Ilha de Moçambique, da Escolinha Comunitária Pérola do Lumbo e da Escolinha Comunitária Filipe Samuel Magaia, que fazem parte da componente de promoção e desenvolvimento do ensino pré-escolar no distrito da Ilha de Moçambique, do Projecto Cluster da Cooperação Portuguesa, são feitas várias corridas que deixam as crianças cansadas, mas super felizes com a atividade.
    Edições Anteriores
  • Em São Tomé e Príncipe, a causa é já familiar aos participantes e a necessidade de colocar os holofotes sobre a mesma de forma permanente não deixa que uma prova desta natureza lhes seja indiferente! O cenário da corrida também ajuda a tornar os mais de 5km, um percurso agradável de se fazer. Com o apoio dos parceiros, distribuem-se t-shirts pelos participantes e os vencedores masculinos e femininos sobem ao palco para receber o seu prémio. Antes da corrida, faz-se também uma recolha de bens alimentares (principalmente leite e feijão) para o nosso PANMI, de forma a ajudar as famílias neste programa. Neste país, todos podem participar e adesão é sempre grande!
    Edições Anteriores
  • Nos dois anos anteriores, o evento de Maputo, teve lugar no Parque dos Continuadores, no coração da cidade, e mais do que uma simples corrida foi uma festa do desporto. Tendo contado com duas madrinhas de peso, as atletas medalhadas olímpicas Patrícia Mamona e Vanessa Fernandes, permitiu a crianças de diferentes extratos sociais interagir numa festa que depois dos 150 participantes da primeira edição, passou para 250 na segunda.
    Edições Anteriores

Organização:

Apoios: